segunda-feira, 14 de julho de 2008

Dolce fare niente

Entre casamentos, festivais e dolce fare niente, deixei de escrever. O casamento passou. A noiva estava linda, o noivo estava feliz, o vice-versa também se aplica, ambos estavam apaixonados e espera-se que a união, a felicidade e a beleza durem para sempre e que eu seja regularmente convidada para jantares caseiros tranquilos e prazenteiros. O festival acabou, deixou algumas recordações (a Roisin deu um grande concerto, o Neil também), outras tantas desilusões – Bob, oh Bob – e algum cansaço, mas já se sabe que para o ano há mais e que eu lá estarei. O dolce fare niente ainda dura por isso continuo sem escrever. Isto foi apenas para não dizerem que não faço posts.

6 comentários:

Marie disse...

Sexo e Chocolate aumentam a capacidade cerebral!

Marie Piaf disse...

La Vie en rose!

Douce Marie disse...

Joie de vivre

Asterixxx disse...

Sacrebleu!!!

Anônimo disse...

Cara blogueira depois deste post já tenho a resposta para a sua pergunta :"Achas que sou extremamente fútil?"

Acho.

Mary Anatólia disse...

Kátia, a liberdade de expressão (que esta canhota tanto defende) permite que assines os teus comments. Solta o ovo que há em ti!!! A bloguista agradece, tem bom feitio.

Se não fores tu então caro anónimo...emancipe-se!

ass:
a moderadora